Trilha em Tiradentes – Serra de São José

 

Serra de São José, é lá que ocorre a trlha
A caminho da Serra de São José, é lá que ocorre a trlha

Nem só de comida maravilhosa ou igrejas barrocas vive o turismo de Tiradentes. Afinal, depois de se esbaldar na culinária mineira com certeza o saldo de calorias a ser gasto estará nas alturas! Então, que tal fazer uma trilha?

Tiradentes tem algumas agências de ecoturismo, a mais conhecida e que experimentamos foi a “agência vivaminas”, localizada pertinho do praça principal, próximo ao  correios. A agência conta com trilhas e passeios guiados por Tiradentes e São João del Rei todos os dias da semana. Quem vai a Tiradentes deve passar lá para adquirir o folder com todos os roteiros e um mapa super recomendado para a andança pela cidade.

Folder super útil com roteiros e mapa da cidade
Folder super útil com roteiros e mapa da cidade

Há caminhadas guiadas por cachoeiras, roteiros que recriam o caminho dos escravos através dos bosques e becos da cidade, cavalgadas, cicloturismo,  passeios de maria fumaça, city tours pelas cidades, passeio noturno em uma Jardineira (um veículo aberto de 1935) pelo centro histórico. Com certeza alguma opção terá a diversão e o ritmo adequados para sua viagem.

Começo da trilha, e o guia lá na frente
Começo da trilha e nosso guia lá na frente

Belezas do caminho

Como estávamos empolgados, reservamos uma manhã inteira para a “Trilha do Carteiro”, uma caminhada até o topo da serra de São José com 1200 metros de altitude e um percusso de cerca de 10 km, passando pela região das cachoeiras na parte baixa da serra. Apesar dos números impressionarem, a trilha é super tranquila e sem dificuldades, não sendo exigida qualquer experiência em trilha. Claro que tênis e uma calça que permita sua mobilidade são imprescindíveis, além de muito protetor solar e água. A agência ainda fornece lanche, água e empresta mochilas para levarmos tudo.

Nosso grupo era formado por 3 casais e uma criança, todos foram tranquilos, sem grande desgaste. Alguns se encontraram na agência, outros encontram o grupo no trecho de saída da cidade histórica. O percusso todo é feito a pé desde a agência, saindo do centrinho, passando por uma região residencial mais afastada e próxima da Serra até chegar na região da trilha de verdade.

Uma dos trechos de subida na trilha
Um dos trechos de subida na trilha

A grande subida é feita logo no início da trilha, de forma super simples até, o terreno tem uma leve inclinação e em apenas alguns trechos há uma “escalaminhada” em pedras. Rapidamente já atingimos o pico com um ponto de observação pra ver Tiradentes pequenininha lá embaixo e aproveitar para ótimas fotos.

trilha2

trilha7

Mirante da trilha
Mirante da trilha
E Tiradentes pequenininha vista de cima
E Tiradentes pequenininha vista de cima

Devo confessar que de todo grupo, apenas eu tive uma pequena dificuldade na subida inicial…. mas não pelo cansaço ou dificuldade da trilha, e sim pela reação da altitude num pulmão de quem vive no litoral somada a uma crise alérgica que só me permitia respirar pela boca. Mas foi tranquilo, só parei uns 5 minutinhos duas vezes pra recuperar o fôlego e tava tudo certo (no dia que resolver ir a Machu Picchu, aí sim, vou morrer!). Logo após atingir o pico, é feita uma parada para o lanche e depois a caminhada continua pela paisagem belíssima do chapadão até começar a descida em direção as cachoeiras.

Pausa nas cachoeiras, mas a coragem de mergulhar só chegou nos pés
Pausa nas cachoeiras, mas a coragem de mergulhar só chegou nos pés
Selfie da "cachoeira"
Selfie da “cachoeira”

Como em julho a região ainda estava sofrendo com a falta de chuvas, as cachoeiras não estavam cheias, mas seu fio de água é lindo e foi super refrescante (super mesmo, a água estava tão gelada que só o holandês do grupo foi corajoso para mergulhar, o resto se contentou em molhar os pezinhos). Logo depois a descida continua em direção à cidade, feita rapidamente por meio da vegetação. Não é muito recomendável fazer a trilha em períodos de chuva por conta desse trecho final de barro, mas se o que você quer é diversão… segundo nosso guia, em época de chuva esse trecho vira praticamente um tobogã e o pessoal resolve ir escorregando mesmo, fazendo a festa no barro e chegando na cidade parecendo uns monstrinhos saídos do pântano.

trilha6

O percusso completo até voltar à agência durou aproximadamente 5 horas. Adoramos a experiência e saímos da trilha conhecendo muito mais de Tiradentes graças ao nosso guia, super simpático e formado em história, que durante todo o trajeto foi contando as lendas e causos de cada pedacinho da trilha e da história de Tiradentes.

Aí, depois dessa andança toda, a gente foi recuperar as calorias perdidas, claro!

 

2 comentários em “Trilha em Tiradentes – Serra de São José

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »