Hospedagem: Qual escolher?

Temos recebido muitas perguntas sobre como nós costumamos escolher o tipo da hospedagem quando viajamos. Vejam bem, na maioria das vezes, nós ficamos em hotel. É mais confortável, apesar de mais caro, mas nos permite focar mais na viagem. No entanto, nunca nos hospedamos em hotéis muito caros ou chiques, não é a nossa praia (a não ser da vez que acabamos tendo que ficar no Hotel Casablanca, em San Andres, na Colômbia, mas isso é em outro post…). Já ficamos, uma vez, num apartamento alugado em Buenos Aires, na Argentina, e a experiência foi muito boa!

Mas, isso não quer dizer que esses sejam os únicos modos de se hospedar em uma cidade ou um país diferente! Atualmente, as hospedarias no mundo cresceram em quantidade e em variedade, graças ao aumento da atividade turística por esse mundão afora… Aqui a gente vai listar algumas modalidades de hospedagem mais comuns – algumas nem tanto – e vai tentar explicar vantagens e desvantagens de cada um. Isso tudo para lhe ajudar a escolher o lugar da hospedagem da sua próxima viagem!

Em primeiro lugar, você precisa entender que, para cada tipo de hospedaria, são atribuídas “notas” em formato de estrelas. Para cada forma de se hospedar, há uma quantidade de estrelas mínimas admissíveis e essas estrelas são atribuídas de acordo com os equipamentos, serviços e qualidade de espaços ofertados… Compreender esse sistema de “pontuação” vai lhe ajudar a fazer uma avaliação mais detalhada do local onde você pretende se hospedar em termos de higiene, alimentação, facilidades e disponibilidades de serviços e etc. Em segundo lugar, tenha em mente que existe um tipo ideal de hospedagem para cada pessoa, portanto, escolher o lugar da hospedagem não deve ser um martírio, mas uma parte divertida da viagem! Vai lendo e boa escolha! =D

Hotel

O Hotel é um sistema tradicional de hospedagem e que deve ofertar quartos individuais. Isso você já sabe… Ele pode, ou não, oferecer alimentação e a cobrança é feita em forma de diárias. Ficar num hotel pode ser muito confortável do ponto de vista de que você não precisará, na maioria das vezes, se preocupar com alimentação, com arrumação do quarto, limpeza e outras facilidades que talvez precise usar (nós já necessitamos diversas vezes de sala de computadores, por exemplo). Os serviços, nos hotéis, são estruturados para oferecer ao hóspede o maior conforto possível, numa espécie de “paparico” mesmo. No Hotel que ficamos em San Andres, Colômbia, a moça do café da manhã fazia ovos mexidos no estilo Spoletto, minha gente! Nunca comi tanto ovo mexido com cogumelos e tomates frescos…

hotel-casa-blanca-san-andres-avialands-agencias-de-viajes-cali-001-0
Vista do hotel que ficamos em San Andres, Colômbia. Hotel Casablanca Fonte: http://avialands.com/fotos-destinos-nacionales-internacionales-avialands-agencias-de-viajes-cali/fotos-hoteles-san-andres-plan-5-estrellas/

A desvantagem nesse tipo de hospedagem, ao nosso ver (e a gente vem sentindo isso cada vez mais), é a impessoalidade desse serviço. Por mais que os atendentes e funcionários sejam atenciosos e solícitos, é natural você se sentir só e extremamente difícil de fazer novas amizades ou ouvir histórias interessantes. O hotel é para quem quer um pouco de “sombra e água fresca”, sem se preocupar com socialização demasiada.

O sistema de Classificação Brasileiro estabelece que os hotéis podem ter de uma a cinco estrelas e, para cada estrela conferida, há uma série de obrigações a serem cumpridas. Você pode conferir essa classificação aqui.

Resort

 

Para ser classificado como resort, o empreendimento deve contar com infraestrutura de lazer e entretenimento que disponha de estética, recreação, atividades físicas e convívio com a natureza no próprio empreendimento. Não é necessário dizer, então, que esse é o tipo de local preferido de quem tem crianças, né??? É tudo o que os baixinhos precisam para serem felizes: atividades recreativas em contato com a natureza e que esgotam as energias (aqui entra a felicidade dos pais…). Fora isso, o Resort conta com serviços de estética, o que atrai muitos dos pais enquanto os pequenos rebentos se esbaldam em piscinas, arvorismo, atividades esportivas e outras.

A desvantagem, aqui, fica por conta do gosto pessoal do visitante. Se não tem inclinação para interagir com crianças ou até mesmo se arrepia com os gritos agudos dos pequenos, esse não é o local para você. E também não é seu lugar se você não pretende usufruir das atividades recreativas ou serviços de estética por que, acredite, eles serão cobrados.

O sistema Brasileiro estabelece que os Resorts podem ter entre quatro ou cinco estrelas. A classificação e detalhamento dos serviços necessários para alcançar as notas você pode acompanhar nesse link.

Cama e Café

 

O esquema Cama e Café é interessante por que é pouco conhecido por esse nome pelos brasileiros. Para ser considerada uma “Cama e Café”, a hospedaria tem que oferecer, no máximo, três quartos de uso turístico. Tem que ser oferecidos, também, café da manhã e serviço de limpeza dos quartos. Nesse tipo de hospedagem, o proprietário tem que residir na edificação. Aqui tem-se uma possível vantagem, que é a de estar em contato com o proprietário, muitas vezes sendo atendido pelo próprio. E, se tem alguém interessado em que o hóspede seja bem tratado, esse alguém é o dono do local. Então, é bem provável que o atendimento aqui seja o mais atencioso e caseiro possível.

A desvantagem está na própria dimensão da estrutura. Por ser, obrigatoriamente, pequena, a possibilidade de encontrar instalações mais simples é bastante grande. Portanto, se você está buscando luxo, essa, provavelmente, não será a sua escolha… Nesse tipo de estrutura, por exemplo, são admitidos banheiros compartilhados (a gente nunca topou banheiro compartilhado… Não, isso é demais para mim…Topo café ruim, cama sem lastro, porta indiscreta, teto vazando, mas banheiro compartilhado, não. Banheiro é só meu!!!).

Pela classificação brasileira, esse tipo de estabelecimento pode receber de uma a quatro estrelas.Vê aqui

Pousada

 

O que difere a pousada da “Cama e Café” é a dimensão do negócio. Ela tem que ser composta de, no máximo, 30 quartos e 90 leitos. E tem que ter serviço de recepção, alimentação e alojamento temporário. Algumas pousadas têm se destacado daquela antiga visão de hospedagem barata e sem graça e se tornaram locais com boa qualidade de serviços em ambientes diferenciados, sem impactar demais nos preços. Já ficamos em algumas pousadas fantásticas, que se saíram muito mais agradáveis do que muitos hotéis por ai. Como o empreendimento é relativamente pequeno, a atenção dispensada aos hóspedes é maximizada e otimizada. Em muitos casos, você será atendido pelos donos, nas chamadas “pousadas autorais“. É uma tendência no ramo de pousadas.

Jardim_Secreto_reduzida
Café da Manhã na Pousada Jardim Secreto, Gramado – RS.

A desvantagem, mais uma vez, recai no luxo. Aqui, no entanto, eu estou falando de luxo luxo, tipo, luxo. Muitas pousadas, como eu já disse, estão se modificando e assumindo estruturas superiores, oferecendo, cada vez mais, acomodações confortáveis e com mais amenidades. Eu já estive em pousadas que tinham decorações muito bem cuidadas, roupas de cama extremamente confortáveis, paisagismo bem elaborado. Isso, para mim, já resume luxo. Agora, se o que você procura é o luxo superior, aí, caro leitor, restou para você os hotéis. Pule a pousada e volte lá para cima…

Confere aqui as estrelas concedidas a pousadas e outras cositas más sobre classificação…

Flat / Apart Hotel / Aluguel por temporada

 

Essa é a nossa segunda opção em hospedagens. Os flats possuem toda a estrutura necessária para você se virar sozinho. São dormitórios equipados com banheiro, sala e cozinha equipada em edifícios que possuam serviço de recepção, limpeza e arrumação. São muito bons para quem curte viver a vida de um local. Você vai ter que se virar como um local, visitar os mercados, as feiras, os supermercados, enfim, toda a vivência urbana de um verdadeiro morador. Costumam, inclusive, ser mais baratos que as outras opções acima e você usufrui de toda a liberdade de um residente. É uma das melhores experiências para quem é viajante. Nós adoramos todas as vezes que podemos alugar uma casa ou um apartamento! Aqui, alguns sites podem lhe ajudar a escolher sua estadia. O mais famoso, mundo afora, é o Airbnb. O decolar.com também possui a opção de busca por aluguel por temporada, mas já tivemos problemas com o site e um apartamento alugado que não existia (#tenso).

Hostel / Hostel Design

 

O ambiente que cerca as opiniões sobre os hostels é controverso. Há quem morra de amores e há quem tenha verdadeira ojeriza. A verdade é que, assim como os demais modos de hospedagem, o mundo do hosteling é variadíssimo. Em termos de estrutura, os hostels vão do inferno ao céu. Você pode encontrar desde quarto compartilhados com um sem número de pessoas dormindo em beliches, com suas malas espalhadas e banheiros compartilhados (=S) ou hostels que oferecem quartos individuais, com banheiros privativos e serviços de limpeza constante.

Aquela velha figura do hostel como um lugar perigoso, sujo, frequentado apenas pelos viajantes mais erráticos está deixando de corresponder à realidade total. Ainda encontramos estabelecimentos assim, mas o perfil dos usuários desses espaços está mudando, bem como a própria estrutura física dos hostels. Hoje, eles são muito bem decorados, contam com serviço impecável de limpeza sistemática dos quartos, serviço de recepção atencioso, entre outras coisas mais que vêm atraindo um público mais diversificado, como, por exemplo, jovens casais inclusive com filhos. O hostel se mostra como uma opção barata e, cada vez mais, mais confiável.

Normalmente, nesse tipo de hospedagem a alimentação é toda por conta do viajante, mas é muito comum o albergue oferecer uma cozinha equipada pública, em que qualquer um pode chegar e preparar alguma comida, seja para comer sozinho, seja para compartilhar com a galera, E aí surge a enorme vantagem do Hostel em relação às outras hospedagens: a socialização!

No hostel, é extremamente comum encontrar gente do mundo inteiro, seja o hostel onde for. Por contar com muitos ambientes compartilhados, esse tipo de hospedagem exala socialização. E muitos hostels disponibilizam espaços com essa intenção, apresentando bares abertos ao público, restaurantes, baladas e por aí vai. Então, se você quer ter uma experiência multinacional, trocando informações, conhecendo culturas, fazendo novas amizades, esse é o seu lugar.

Na hora de escolher o lugar da hospedagem, dê preferência aos que fazem parte da Hosteling International, que é uma associação mundial dos albergues da juventude. Essa associação cobra dos membros acomodações confortáveis, seguras, em boas localizações e preços razoáveis. Assim, ao escolher um hostel ligado ao HI, você terá uma segurança extra.

 Couch Surfing

Deixamos por último o mais intrigante e aventureiro modo de se hospedar pelo mundo. O Couch Surfing (“surfe de sofás”, em tradução livre) não é bem um lugar de hospedagem, mas uma “rede social” mundial em que as pessoas disponibilizam suas residências para abrigar viajantes mundo afora. Não é a residência por completo, mas pode ser um quarto, uma edícula ou, até mesmo, honrando o nome da “rede”, o sofá da sala! É a experiência mais imersiva na cultura doméstica de um outro país ou cidade que se pode ter. E o melhor: de graça!

Para participar, você deve fazer um cadastro no site, preencher um perfil e começar a buscar pelo mundo onde você deseja hospedagem. O outro usuário cadastrado recebe sua solicitação, analisa seu perfil e responde se deseja (ou pode) lhe receber nas datas requisitadas. Ai, caro leitor, é só emitir a passagem e partir! Claro, alguns países podem exigir uma carta convite do seu anfitrião, mas nada impossível de conseguir. Esse é para quem tem espírito aventureiro, pois não há garantia de nada do que se vá encontrar!

 

 

E você? Tem algum tipo de hospedagem preferida? Em quais dessas modalidades você já se hospedou? Conta aí pra gente!

 

 Vai viajar? Que tal reservar seu hotel com o Booking.com? Cada vez que você reserva seu hotel através do Blog, nós recebemos uma comissão e você não gasta nada a mais por isso! Viu que maneira legal de ajudar a gente? =D

 

Translate »