Cioccolatte Gelateria – Sorvete Excelente no Bairro do Recife

Isto pode ser lido emPortuguês

This can be read in English

Esto se puede leer en Español

Já tem um bom tempo que nós havíamos sido convidados a experimentar o sorvete da Cioccolatte Gelateria, lá no Bairro do Recife. Entre uma atividade e outra, o convite foi ficando para mais tarde até que, essa semana, finalmente fomos lá. E vou dizer: eu devia ter ido antes.

Primeiro de tudo: é um lugar lindo! Um projeto muito bem bolado (e delicado) do escritório PMZ Arquitetura, que teve a sensibilidade de trabalhar cores que não concorressem com o colorido dos sorvetes. Aliás, isso é básico numa sorveteria: o destaque é aquele mar de cores dos sorvetes que encantam e fazem você morrer naquela indecisão de qual o sabor eleito!

 Segura o post mais colorido até hoje!

5

14

Na vitrine, ficam 16 sabores à exposição e que são trocados tão logo a bandeja esvazie. E são trocados por outros sabores. Então, é bem difícil que você faça duas visitas iguais! Sempre uma surpresa!

Uma dica: o de pistache nunca é exposto, mas sempre é produzido. Se você quiser experimentar esse sabor, peça à balconista

E não precisa se fazer de rogado se você quiser experimentar todos os sabores: é política da casa deixar o cliente provar todos os sabores disponíveis, estejam eles na vitrine ou na geladeira! E, sim, nós provamos literalmente TODOS OS SABORES antes de decidir.

9

Prova do crime

Outra coisa que precisa ser dita sobre esse sorvete que conheci agora, mas que já considero pacas: a textura dele é impressionante. O “Chocolate Amargo” parece uma mousse de tão densa. Isso significa que você vai ter muito mais sorvete em uma bola, que ele vai demorar um tiquinho mais para derreter e que o sabor será mais intenso! #vivantagem

11

Muito gostoso e denso, é muito provável que você ache que é uma mousse de chocolate!

6

Cheesecake de morango, com pedaços de biscoito e uma calda deliciosa de morango!

8

O de maçã verde é dos mais surpreendentes! Nada enjoativa e com o sabor da maçã bem forte. Refrescante!

O processo deles permite ter os mais diversos sabores de sorvete que você puder imaginar, como os sucessos “Bolo de Rolo” e “Tapioca com Coco”. E, como estamos perto da páscoa, eles produziram sabores de páscoa, como, por exemplo, um sorvete de FERRERO ROCHER, sim, assim, em letras maiúsculas… Não provei, mas deve ser muito bom! “Colomba Pascal“, “Chocolate com pimenta“, “Chocolate 50% de Cacau” são alguns outros sabores especialmente preparados para essa época do ano.

IMG_1530

Para abrilhantar ainda mais seu sorvetinho delícia, eles fizeram umas casquinhas cobertas com chocolate belga, parceria com Lana Bandeira. Agora, corra por que é só durante a Semana Santa!

12

4

Os produtos base dos sorvetes são todos importados da Itália!

13

Bolo de rolo, sucesso entre gringos e locais! Tem gosto de bolo de rolo, mesmo!!!

7

Esse merece uma reverência: Iogurte com Amarena (uma cereja Premium em calda fantástica). Pergunte se tem na geladeira, se não tiver na vitrine. Vale a pena. É muito gostoso.

Então, num passeio à tarde pelo Bairro do Recife, não deixe de conhecer esse sorvete, que está aparecendo como 1º lugar do Recife entre lugares para sobremesas no TripAdvisor!


CIOCCOLATTE GELATERIA

Rua Alfredo Lisboa, 507, Recife Antigo – PE (próximo ao Marco Zero)

(81) 3049-0039
Facebook: /cioccolattegelateria


Barchef – um menu especial para março

Essa semana fomos convidados para conhecer o Barchef. Confesso que sempre tive vontade de conhecer o restaurante, mas nunca tinha tido tempo de parar e ir. A proposta de requalificar casarões históricos e instalar restaurantes sempre me agrada! Ainda mais por que eu já sabia que o Barchef também aproveita os jardins para serviço. Fomos lá!

A proposta do convite era interessante: conhecer o menu fechado especial para o mês de março, criado pelo chef Miguel Castilhos. Por R$ 54, você vai ter duas opções de entrada, duas opções de prato principal e uma opção de sobremesa. De partida, devo dizer que o preço é excelente para a quantidade de pratos, mas logo que vi, imaginei que as porções seriam minúsculas, tipo menu degustação. Eu estava enganado.


Antes de falar dos pratos, uma explicação sobre as fotos: na hora que chegamos no restaurante, minha câmera deu pau e eu tive que tirar fotos com meu celular. Não ficaram boas… Por isso, diferente do que eu costumo fazer nos meus posts, as fotos desse review são da assessoria de imprensa que nos convidou. Desculpem!


Como estávamos em dois, pedimos uma opção de cada prato. As opções de entrada são a Robata de Camarão Empanado Coberto com Molho de Queijo ou a Trouxinha de Salmão com Três Molhos. Veja bem, o camarão estava delicioso, no ponto corretíssimo, macio, saboroso, apresentação impecável. Claro, é obra de um bom chef, não poderia ser diferente. Mas, em disputa com o salmão, ele não tinha chance!

Barchef Gastro-3

A Robata de Camarão / Divulgação

O salmão, por outro lado, estava surpreendente. Eu não sou apaixonado por peixes, menos ainda por salmão, que eu julgo sem muito sabor. Qual não foi nossa surpresa ao encontrar um prato de salmão desmanchando de tão macio, com um sabor suave, mas decidido, em uma trouxinha de massa harumaki, que adicionava textura crocante ao prato. Olhem, foi paixão. Ainda mais por que eu estava com baixas expectativas em relação ao salmão. Salmão, meu querido, vamos nos ver outras vezes…

Barchef Gastro-2

Trouxinha de Salmão com 3 molhos. Delícia! / Divulgação

Passamos aos pratos principais. E lá veio aquele filé alto com crosta de parmesão e ervas e penne ao molho Alfredo. Aqui, mais um caso de prato muito em executado, com sabores bem honestos e preparos excelentes. Esse não é um prato de contrastes fortes. Pelo menos eu não achei. O Alfredo é um fundo suave sobre o qual se destaca o filé e o frescor das ervas (gostou da frase? Elegância, a gente vê por aqui…). Prato bom!

Barchef Gastro-7

Filé em crosta de parmesão e ervas com penne ao molho alfredo / Divulgação

 A outra opção de prato principal é o Salmão Grelhado Gratinado acompanhado de Aligot de Queijo. Aqui, a mesma surpresa da entrada. O salmão, mais uma vez, desmanchava de tão macio e o aligot estava delícia. Esse prato tem um sabor bem mais marcante que o filé. Ele é daqueles que, tempos depois, você se lembra do sabor e onde comeu. Ainda lembro…

Barchef Gastro-6

Salmão Grelhado Gratinado acompanhado de Aligot de Queijo / Divulgação

Para o final, a sobremesa: Creme Brulée de doce de leite. Também é um prato intrigante, não tão doce. O doce de leite não estava mergulhado em baunilha e o sabor era suave. O sorvete era ok, mas acompanhado da farofinha ganhava um interesse. Depois do sabor marcante do aligot e do salmão, o doce de leite passou sem muito espetáculo por mim.

Barchef Gastro-9

Creme brulée de doce de leite

No resumo, achamos um menu muito bem construído e que agrada a todos. O preço é excelente, quando se consideram as porções.  É impossível sair insatisfeito.


Barchef

Av. Dezessete de Agosto, 1893, Recife.

Aberto de Terça a Domingo


 

Villa Foria Boa Viagem – pizza de qualidade na Zona Sul do Recife

Isto pode ser lido emPortuguês

This can be read in English

Esto se puede leer en Español

Quando chegou o convite para irmos conhecer a Villa Foria de Boa Viagem, nós ficamos bem animados. O restaurante é a segunda unidade da já célebre pizzaria nascida no seio do bairro das Graças (que eu já visitei, ó). O ponto em Boa Viagem surgiu para atender a duas demandas da área: um delivery que pudesse entregar as pizzas com a mesma qualidade que se tem no restaurante e oferecer um ponto em que as pessoas pudessem degustar as pizzas da casa em um ambiente mais descontraído do que a matriz das Graças.

Villa_foria_boa_viagem

salão2

O restaurante tem uma fachada bem discreta, bem diferente do imponente casarão das Graças, mas com traços que remetem àquela arquitetura colonial. Tudo foi feito com muito cuidado e atenção. Nada que pareça um delivery adaptado, mas também, nada que tenha a elegância da matriz da pizzaria e restaurante. É um ambiente agradável e mais descontraído. A área externa talvez tenha ficado um pouco escura, mas isso é por que eu adoro ambiente muito iluminados. Tanto que adorei a mesa interna que tem um lustre bem em cima dela.

salão

Quanto à comida, é bom estar avisado: o menu é reduzido, em relação ao da Villa Foria das Graças. O cardápio da unidade de Boa Viagem é exclusivo de pizzas, que têm a mesma crocância, a mesma beleza, o mesmo sabor. Excelentes, como é o esperado para a casa.

Para entrada, nós pedimos a Casquinha do Chef com Parmesão e Gorgonzola (a única opção de entrada). Bom para passar o tempo até a chegada das pizzas.

entrada

A nossa pizza salgada foi de Presunto de Parma com Chutney de Manga e Gengibre e Lombo Canadense com Abacaxi e Bacon. As misturas são deliciosas, bem dosadas e não enjoativas. Os contrastes são interessantes e bem construídos. O presunto de parma estava excelente, bem como o chutney de manga. O único porém foi o abacaxi, que estava sem gosto e sem cor. Essa pizza merecia um abacaxi em todo o seu esplendor, in natura, ou, até mesmo, um abacaxi em calda caseiro. Fica a dica!

pizza presunto parma

Para fechar, como não poderia deixar de ser, uma pizza doce! Sonho de Valsa (Calda de chocolate, catupiry e sonho de valsa). A pizza estava excelente! E, não sei se foi a mão do cozinheiro ou se foi uma readaptação do cardápio, dessa vez o sabor do catupiry estava bem menos pronunciado (na verdade, eu não senti nada do catupiry), o que, para mim, foi uma decisão acertadíssima! A pizza doce tem que ser doce! Até pode haver um toque de salgado para gerar uma sensação de contrastes, mas, da outra vez, o catupiry dominava o sabor da pizza. Ponto pra Villa Foria!

pizza de chocolate

A Villa Foria de Boa Viagem, então, foi uma grata surpresa, que me rendeu uma noite tranquila, com um excelente atendimento (não lembro do nome do garçom que me atendeu, mas ele é digno de elogios) e um ambiente que não parece um puxadinho para aproveitar a área do delivery. Se a intenção é uma pizza descontraída numa noite de semana, a Villa Foria de Boa Viagem é a escolha para você!


SERVIÇO | VILLA FORIA DELIVERY DE BOA VIAGEM

Local: Av. Conselheiro Aguiar, nº 510, Boa Viagem, Recife – PE.
Horário: das 18h às 23h, de terça a domingo.
Formas de pagamento: dinheiro e cartões Visa, Mastercad, Hipercard, American Express e Diners Club. Aceita também Sodexo, Ticket e Alelo.

Informações: (81) 3314.1400.
www.villaforia.com.br | f:/villaforiapizza | i: @villaforia


 

Haus Lajetop – uma bar na laje no Recife

Isto pode ser lido emPortuguês

This can be read in English

Esto se puede leer en Español

A Galeria Joana D’Arc, no Pina, sempre foi o reduto de alguns dos bares e restaurantes mais descolados do Recife e frequentados pelo público mais diverso dessa cidade. Foi lá que nasceu e existe, até hoje, o excelente Anjo Solto, por exemplo. E foi lá que, no local onde viveu o saudoso Boracho, nasceu o Haus Lajetop & Beergarden. E nós fomos conferir o local para te contar nossa experiência!

haus_geral

O espaço conta com dois ambientes. Três, se considerarmos a área externa, que é dividida com os clientes do Anjo Solto. O térreo tem ar-condicionado. Mas, é na laje que a coisa toma a real proporção. Não que a laje tenha uma decoração a mais nem nada do tipo, mas é bem legal estar na cobertura do prédio, o que dá uma pequena descontraída no ambiente, além do vento massa! Gostei mais lá de cima, por que eu gosto de ao natural. O prédio tem uma pegada bem industrial, com os blocos de concreto aparentes.

haus_

Na Haus eles têm pratos, petiscos, sobremesas e algumas saladas. Nós pedimos várias comidinhas. Para começar, um Hot Dawg Haus (pão, linguiça artesanal alemã picante, catchup de curry, cebola na cerveja preta, picles e molho de mostarda e ervas – R$18). Muito gostoso e com um sabor bem marcante!

haus_cachorro_quente3

haus_cachorro_quente


Veja +

Villa Foria – Pizza de Alta Qualidade

Udon Cozinha Oriental – Recife


Também pedimos o Porkwich, que é um sanduíche de costela de porco defumada com queijo do reino, geleia de abacaxi picante (!!) e uma saladinha (R$18). Também muito bom e com a costelinha no ponto perfeito, se desmanchando na boca.

haus_cachorro_quente2

A porção de mini hambúrgueres (R$26) é bem deliciosa e o queijo primadona maçaricado faz uma diferença marcante no sabor. Para quem adora comidas maçaricadas (o/) esse hamburguinho é uma boa pedida. Também tem uma cebolinha puxada na cerveja preta que dá um toque agridoce.

haus_mini_hamburgers

Agora, se nada disso foi suficiente para o seu paladar exigente, prepare-se, pois eu deixei o melhor para o final. A coxinha de camarão com blend de queijos e crocante de gergelim (R$10). Sim, pode parecer infantil, pode parecer que eu endoidei, mas a coxinha é um evento. É tão boa, tão boa, que agora mesmo eu estou babando por ela que nós pedimos duas.

haus_coxinha_queijo do reino

No geral, gostamos do espaço. Atendimento legal, ambiente bem desenhado para a proposta industrial e descolada. O estacionamento conta com manobrista. Vamos voltar!


Haus Lajetop & Beergarden

Av. Herculano Bandeira, 513, Pina – Galeria Joana D’arc, 51110-131 Recife
Terça a Domingo – das 18h à 1h
+55 81 97333-4215


 

 

Tokyo’s Café – Pastel delícia no Recife

 

O Jardim externo do Tokyo's Café
O Jardim externo do Tokyo’s Café

Caminhar pelo bairro das Graças, no Recife, é uma delícia e sempre traz boas surpresas e agradáveis descobertas. O bairro é arborizado, com um clima caseiro, apesar dos altos prédios e, mesmo com as calçadas precárias, ele convida a um passeio a pé.

Parque da Jaqueira, um dos mais movimentados da cidade do Recife. No coração do bairro das Graças.
Parque da Jaqueira, um dos mais movimentados da cidade. No coração do bairro das Graças.
Parklet instalado no bairro. Um convite ao passeio a pé.
Parklet instalado no bairro. Um convite ao passeio a pé.

Nessas caminhadas por lá, encontramos o Tokyo’s Café. Na verdade, já tínhamos muito ouvido falar sobre ele, mas nunca tínhamos tido tempo de visitá-lo. Dia desses, no entanto, acabamos passando por lá e experimentado o famosíssimo pastel (eu sou apaixonado por pastel, minha gente). Famoso por que esse pastel já era servido lá na década de 70, no Tokyo Pastel original, que ficava no centro da cidade. Dizem que era o sucesso entre os estudantes!

jardim
Á área externa do Tokyo’s Café, no Recife.

O ambiente da Tokyo’s Café é super agradável, com um área externa com algumas mesinhas e um banco de cimento muito legal, com frases e desenhos, além de um pergolado repleto de orquídeas em vasos pendurados (Dani achou tendência!). Uma musiquinha suave vai embalando a tarde calma de domingo e nos colocando no clima de começar os trabalhos.

orquideas

A gente pediu dois pastéis, o de carne e o de frango com catupiry (o tradicional e o inventivo) e uma coxinha de frango como entrada.

O ambiente descontraído e simples, quase de quintal de casa, emoldura o pastel, que tinha a massa mais sequinha que eu já vi em pastéis! E olhe que eu já comi pastel nessa vida (muitos deles ainda me acompanham…¬¬). Tão sequinha que o papel da embalagem mal estava molhado, o que é uma situação típica em pastéis.

pasteis
O melhor pastel do Recife!

Em contrapartida, o recheio era maravilhoso. Suculento e bem temperado, eu preferi o de carne, por sua simplicidade de sabor e honestidade, mas o de frango com catupiry também era extremamente bem feito!

pastel de carne

A coxinha era DELICIOSA, com uma massa nunca antes vista na história desse país. Parecia que se derretia na boca e, se não me falha o paladar de cozinheiro, havia algo de queijo naquela benção.

Foi o que a gente conseguiu salvar para sair na foto! MUITO GOSTOSA!
Foi o que a gente conseguiu salvar para sair na foto! MUITO GOSTOSA!

Para finalização do lanchinho de gordo de domingo, pedimos uma cheesecake de framboesa. Devo confessar que eu achei normal. Não sei se pelo fato de que eu não sou muito chegado a cheesecakes ou pelo fato de que ela era bem executada, mas simples. Não se compara à surpresa do bom pastel, entende?

cheesecake

Então, no resumo, três pastéis, dois refrigerantes, uma coxinha e uma cheesecake deu uma conta de R$ 46 reais, com 10% incluídos (devidamente pagos em espécie à garçonete. O serviço é opcional, mas não pode ser passado no débito).

Na próxima vez que estiver no Recife, não deixe de dar um passeio pelo bairro das Graças e de aproveitar uma paradinha no Tokyo’s!

Serviço

 

O Tokyo’s Café abre de terça a domingo, das 15h às 22h. Fica na Rua Dr. Malaquias, 74A.

 

__________________________________________________________________________

Planejando uma viagem para o Recife e arredores? Reserve seu hotel com o Booking.com

Translate »