San Andrés: Alugando o carrinho

Isto pode ser lido em Português
This can be read in English
Esto se puede leer en Español

San Andres

Uma das coisas mais comuns a se fazer na Ilha de San Andrés é alugar um carrinho de golfe para passar o dia circulando pela ilha. Há locadoras por todas as partes do centro e não são caros. Quando estivemos lá, o valor cobrado era de 90.000 COP (Pesos Colombianos, cerca de R$ 110 reais). Pegamos o carrinho pela manhã e devolvemos no finzinho da tarde. A gasolina estava inclusa no valor do aluguel.

San Andres
Vistas fantásticas das praias de San Andrés

 

San Andres
Casa “jamaicana” na costa de San Andrés

Alugar o carrinho é super recomendado pelo simples fato de que o transporte público em San Andrés é bem deficitário e depender dele não é uma boa ideia. Não à toa, todos em San Andrés alugam/têm um carrinho desses ou uma moto para se locomover. Ele vai lhe ajudar a ter mais liberdade em sua programação, permitindo-lhe parar nos pontos que você bem entender, na hora e por quanto tempo você decidir.

San Andres

Dirigí-lo é extremamente simples. Basta ligar, e pisar nos dois únicos pedais: GO e STOP. Pronto. É só isso. Com o carrinho, você consegue dar uma volta na Ilha e consegue ir parando nos pontos turísticos, que ficam bem distribuídos ao longo da costa. Não fique preocupado em trancar o carro ao descer nos pontos turísticos, mesmo porque ele nem porta tem. É super tranquilo deixar o carrinho parado em áreas mais alargadas dos acostamentos ou pequenas áreas de estacionamento perto das atrações. Mas, também, quem vai querer roubar um carrinho? É uma ilha! A pessoa vai fugir pra onde? Mas não deixe de levar as chaves com você! Não custa nada, né?

San Andres

A velocidade do carrinho não passa dos 30km/h. Portanto, pressa não é a melhor amiga desse meio de transporte. Aliás, deixe a pressa dentro do avião, na hora que desembarcar nessa ilha. Não faça nada com desespero. Vá relaxando. Agora, eu vou contar a vocês: o carrinho ir a 30km/h não significa que você está completamente livre de riscos (de morte). Sim, leitor, vou contar o que nos ocorreu em San Andrés, quando senti a foice da morte raspando meu pescoço (#exagero).

 

San Andres
Meninas caminhando pela estrada de San Andrés

Eu fui o motorista durante todo o dia na ilha. Em um belo momento, Dani (que tinha acabado de tirar a carteira de motorista) resolveu assumir o controle do carrinho. Tudo ia muito bem, enquanto íamos em linha reta (com algumas correções de rota, como você pode ver no vídeo no fim do post). Afinal, GO e STOP não tem segredo, não é mesmo? Foi o que eu pensei, também, até que nos deparamos com a primeira curva.

San Andrés

Estávamos perto do aeroporto, na volta do nosso passeio, numa área bem movimentada. Cheia de gente. Uma curva para direita. Dani resolveu desafiar a gravidade, a força centrípeta, o automobilismo, a física clássica e tudo o mais que a ciência já desenvolveu e, ao invés de pisar no STOP, pisou no GO (#mulherarretada). Resultado: o carrinho fez que ia capotar, eu pulei pra fora dele, tentei frear no melhor estilo Flintstones com os pés no chão, não consegui. Abandonei o carro. Dani só parou quando o carro subiu o canteiro central. Todos olhavam, nesse momento. Detalhe que, na frente do canteiro, tinha um posto de gasolina. Os frentistas saíram correndo quando viram o carrinho vindo na direção deles. A coisa ia explodir! No fim, Dani ficou sentada no carrinho olhando passada para todos como quem diz: quanto escândalo!, e eu fui lá retirar o carrinho e seguir o percurso até a locadora. O carrinho e nós saímos ilesos, mas eu tive que comprar sandálias novas.

Dica: reduza a velocidade nas curvas.

Confere aí um vídeo com um resumo da nossa volta pela Ilha de San Andrés. (Você vai perceber que é extremamente difícil fazer um Vlog em cima de um carrinho sem amortecedor…=D)


É isso pessoal! E vocês, já estiveram em San Andrés? Já alugaram carrinho e jogaram no canteiro central numa atitude #rockstar? Contem aí pra gente que a gente adora ouvir as histórias e conversar!

Vai viajar? Que tal reservar seu hotel com o Booking.com? Cada vez que você reserva seu hotel através do Blog, nós recebemos uma comissão e você não gasta nada a mais por isso! Viu que maneira legal de ajudar a gente? =D

Um comentário em “San Andrés: Alugando o carrinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »